CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Aline Soares Marques Rodrigues
acesso rápido:

Aline Soares Marques Rodrigues

Aline Soares Marques Rodrigues

 

 

Veja em: 256 Kbps

Construindo uma trajetória profissional

Quando alguém pergunta à novata Aline Soares Marques Rodrigues, que não passou pelo processo de privatização, se ela acha que o espírito da estatal ainda permanece no ambiente corporativo, sua resposta é "sim". Mas completa afirmando que há um grande esforço da empresa e dos funcionários para mudar isso. De acordo com a jovem engenheira, a resistência da cultura da estatal vem dos colegas, e não dos chefes.

Sua rotina de trabalho é analisar a proteção das redes elétricas que não pertenciam à CPFL (principalmente a rede rural) e que foram sendo adquiridas dos proprietários de sítios e fazendas. Aline foi admitida na companhia por meio de currículo. Estudou na Unifei, em Itajubá, Minas Gerais, e sempre quis trabalhar na CPFL.

Quanto à questão de gênero, ela afirma que a relação com os homens se dá de maneira muito respeitosa: "Gosto de trabalhar com homens. Eles não levam as coisas para o lado pessoal, como fazem as mulheres. E aqui na CPFL eles não me tratam de maneira diferente". No prédio onde trabalha só há duas mulheres: ela e a secretária.