CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Andréia Andrade Porfírio
acesso rápido:

Andréia Andrade Porfírio

Andréia Andrade Porfírio

Veja em: 256 Kbps

Uma emocionante história de superação

Andréia Andrade Porfírio ingressou na CPFL por meio de uma agência de empregos. Em 2009, descobriu que tinha câncer de mama e começou a fazer o tratamento. O impressionante dessa história é que ela não pedia licença médica após as sessões de quimioterapia, que costumam debilitar o organismo. "Eu não tinha reações fortes à quimioterapia, as que todo mundo tem. Como o mal-estar que eu sentia era leve, eu ia trabalhar", afirma.

Andréia conta que o apoio das pessoas da CPFL, o carinho dos mais próximos e a solidariedade de gente que mal conhecia e passou a conhecer devido à doença foram vitais para a sua recuperação. "Descobri que podia confiar nas pessoas da CPFL, e que as amizades não eram só profissionais. Isso vai ficar para sempre na minha história. Até quem não se relacionava comigo me deu apoio. Fui acolhida de forma muito carinhosa. Isso é inesquecível."

Dotada de uma energia positiva muito forte e alto-astral, Andréia diz que a CPFL somou com sua família - um dado importante, porque ela já fez sete cirurgias de reconstituição da mama e ainda vai passar por mais uma. Por causa desse problema, Andréia não pode ser promovida, porque isso implicaria mudança de cidade. "A CPFL foi muito compreensiva comigo, deixando-me trabalhar tranquilamente aqui em Bauru", diz Andréia.