CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Antonio Carlos A. S. Cyrino
acesso rápido:

Antonio Carlos A. S. Cyrino

Antonio Carlos A. S. Cyrino

Veja em: 256 Kbps

"Tenho dois amores na minha vida, uma mineira e uma paulista. A mineira é minha esposa; a paulista é a CPFL."

O campineiro Antonio Carlos de Abreu Sampaio Cyrino, mais conhecido como Cyrino, formou-se em engenharia elétrica. Em 1989, atuava na hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), quando recebeu um convite para voltar à sua terra natal e trabalhar na CPFL. O convite foi aceito, e iniciou-se aí um verdadeiro caso de amor.

O perfil de engenheiro afinado com a gestão da tecnologia garantiu sua participação em praticamente todas as áreas técnicas da empresa. Nos primeiros treze anos, Cyrino gerenciou setores como manutenção, comissionamento, operação, proteção, telecomunicações, engenharia e gestão de ativos.

Nesse período, integrou também a equipe que, a partir de 1995, preparou a empresa para a privatização. "Começou a dar medo em todo mundo". Mas a empresa saiu desse processo mais forte e competitiva, preparada para os desafios do século 21. Preparada inclusive para o racionamento de 2001, quando o consumo de energia elétrica caiu mais de 25%. "Aí fomos buscar força novamente", e o desafio foi superado.

Em 2002, dentro de um projeto de crescimento da CPFL, Cyrino assumiu a diretoria de suprimentos. Voltou à área técnica, sua paixão, em 2008, quando assumiu o cargo de diretor de operações da CPFL Energia.