CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Aquéle Hendz
acesso rápido:

Aquéle Hendz

Aquéle Hendz

Veja em: 256 Kbps

Ela contou com o apoio de toda a equipe para superar os obstáculos

A gaúcha Aquéle Hendz começou sua carreira na RGE em Gravataí, no Rio Grande do Sul, na época em que a empresa não pertencia totalmente à holding CPFL. Com formação em eletrotécnica (nível técnico), ela trabalhava numa prestadora de serviços terceirizada e conseguiu se efetivar na RGE.

Como conhecia muito de eletrônica e pouco de eletricidade, Aquéle precisou fazer um curso dentro da empresa para se capacitar para o trabalho. Daí foi um passo para sair do escritório e ir a campo. "Sou a primeira e única mulher na RGE a trabalhar nessa área masculina. E esse foi meu grande desafio na empresa, minha história de superação", afirma. Ela diz também que contou com o apoio de toda a equipe para superar os obstáculos. "O pessoal foi muito acolhedor, e não sofri preconceito por ser mulher."

Em 2004, Aquéle foi transferida para Caxias do Sul, onde trabalha junto a empreiteiras, negociando prazos, verificando o andamento das obras. "Ser eletricista é a minha base e me ajuda muito a desempenhar meu trabalho hoje", completa.