CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Júlio Cesar Pereira
acesso rápido:

Júlio Cesar Pereira

Júlio Cesar Pereira

Veja em: 256 Kbps

Ele enfrentou uma situação de risco quase incalculável.

Júlio Cesar tem uma história bastante forte para contar: enfrentou uma situação de risco quase incalculável. Ele não se recorda com exatidão do ano, mas acha que foi em 2003, quando tinha somente três anos de experiência na profissão.

Houve um grande temporal de madrugada em sua cidade, Matão, e uma árvore caiu e derrubou os cabos de energia que atravessavam de uma margem à outra acima do leito do rio. O perigo estava justamente nisso: era madrugada e, devido ao excesso de chuva, a visibilidade era quase zero. Foi preciso chamar o Corpo de Bombeiros, que levou os funcionários de bote inflável até o brejo. Entre eles estava Júlio Cesar. Ele e os colegas tiveram que entrar no brejo para restaurar a rede elétrica, correndo o risco de serem atacados por cobras ou picados por aranhas. "Foi um dia muito difícil, e o dia em que mais trabalhei durante esses onze anos de empresa. O que nos ajudou foi a equipe ter funcionários muito bons. E, apesar de tudo, todos estavam animados. A gente brincava uns com os outros, dizendo: 'Olha a cobra!'."

Na verdade, o que Júlio Cesar quis dizer é que o espírito de equipe imperou na resolução do problema, e que eles usaram o humor para suportar uma situação extrema.