CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossa gente -  Paulo Roberto Martins
acesso rápido:

Paulo Roberto Martins

Paulo Roberto Martins

Veja em: 256 Kbps

“Estou sempre pronto para as emergências.”

Paulo Roberto Martins é filho de um ex-funcionário da CPFL e, como tinha feito um curso técnico, conseguiu emprego na companhia. Sua rotina é cuidar das ocorrências de falta de energia e da manutenção da rede. "Meu celular fica ligado 24 horas por dia. Estou sempre pronto para as emergências", diz.

Como foi jogador juvenil do Santos Futebol Clube, os funcionários da CPFL diziam para o pai levar Paulo para trabalhar lá. "Havia um campeonato interno, e o pessoal queria que eu fosse um deles", conta. Ele ingressou na empresa por concurso e atualmente comanda uma equipe de 32 eletricistas. Paulo também conheceu a esposa na CPFL.

Um dos episódios mais marcantes para ele foi o assalto que sofreu numa favela, quando teve de fazer um reparo. "Pedimos permissão para o dono da boca de drogas. Lá só tinha uma entrada e uma saída. No fim do serviço, quando estávamos atravessando a favela de volta, uns bandidos pediram desculpas e nos assaltaram, levando relógios, carteiras e celulares. Vendo isso, os moradores ficaram revoltados e foram contar para o dono da boca, que prontamente mandou buscar os ladrões e pediu para devolverem nossos objetos e nos pedir desculpas", relembra.