CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossas origens -  Cia. Central Elétrica de Icém
Voltar

Cia. Central Elétrica de Icém - Icém - SP - Empresa FUNDADA EM 1920

No começo do século 20, o jornalista Júlio de Mesquita uniu-se ao seu genro, o engenheiro, jornalista e político Armando de Salles Oliveira, para construir usinas e explorar serviços de energia elétrica no interior do estado de São Paulo.

Em meados da década de 1920, junto com seus sócios Cincinato Braga e Alfredo Braga, controlavam empresas em cidades como São José do Rio Preto, Jaboticabal, São Simão, Cajuru e Barretos, abastecidas por pequenas usinas hidrelétricas.

Em 1925, Mesquita e Oliveira, associados a Alfredo Cesar da Silva Braga e Cincinato Cesar da Silva Braga, concessionários da eletricidade no município de Taquaritinga, decidiram construir uma usina de grande porte para abastecer sua rede de empresas. Criaram então a Companhia Central Elétrica de Icém para aproveitar o salto do Marimbondo, no rio Grande, situado no município paulista de Icém.

Em janeiro de 1928, poucos meses antes da inauguração da usina, a Companhia Central Elétrica de Icém, juntamente com as demais empresas pertencentes à sociedade liderada por Júlio de Mesquita e Armando de Salles Oliveira, foi vendida à multinacional estadunidense Amforp (American & Foreing Power), que desde 1927 vinha adquirindo empresas no interior de São Paulo, entre elas a CPFL.

A usina de Marimbondo foi inaugurada em setembro de 1928 e era uma das maiores do país à época, com 8.000 kW.

Em 1947, a Companhia Central Elétrica de Icém, por decisão da controladora Amforp, foi incorporada à CPFL.