CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  Nossas origens -  Cia. Força e Luz Santa Cruz
Voltar

Cia. Força e Luz Santa Cruz - Santa Cruz do Rio Pardo - SP - Empresa FUNDADA EM 1905

No início do século 20, em três municípios vizinhos situados no sul do estado de São Paulo, foram implantados serviços de energia elétrica.

No município de Piraju, a iluminação elétrica foi inaugurada em setembro de 1905. A energia era gerada pela usina de Monte Alegre, construída e mantida pela própria Câmara Municipal.

Em 1912, as autoridades pirajuenses resolveram criar um serviço de bondes na cidade. Construíram a usina de Boa Vista e iniciaram a implantação de um dos únicos sistemas de bondes rurais do Brasil.

Inaugurado em agosto de 1915, o serviço de bondes Tramway Elétrico Municipal do Piraju ligava a estação da Ferrovia Sorocabana (situada no povoado de Vila Tibiriçá) ao núcleo urbano de Piraju, e dali seguia até o então povoado de Sarutaiá. Percorrendo áreas rurais, possuía carros de passageiros e de carga.

Em 1921, a Câmara Municipal de Piraju vendeu todo o equipamento e a concessão para a exploração da eletricidade e dos bondes para a família Rolim, que fundou a Companhia de Eletricidade Rolim.

Outro município da região da Média Sorocabana que possuiu um precoce serviço próprio de energia elétrica foi Avaré. Em 1907 foi fundada a Empresa de Eletricidade de Avaré, que construiu a usina de Rio Novo e inaugurou a iluminação pública na cidade de Avaré em 1909.

O terceiro município foi Santa Cruz do Rio Pardo, onde em 1909 surgia a Companhia Força e Luz Santa Cruz, controlada pela poderosa família Brasiliense.

Naquela época, núcleos urbanos como Salto Grande e Ourinhos eram distritos do município de Santa Cruz do Rio Pardo e se tornaram áreas de expansão da empresa, atendidas por uma usina hidrelétrica instalada no rio Pardo.

Nos anos seguintes, a Força e Luz expandiu suas atividades, atravessando a fronteira do estado do Paraná e atendendo o município paranaense de Jacarezinho.

Seu sucesso foi tanto que acabou absorvendo as empresas de Piraju e Avaré.

Em 1925, os Rolim se desfizeram de sua empresa em Piraju, vendendo equipamentos e concessão à Companhia Força e Luz Santa Cruz, que expandiu assim sua área de atuação e manteve o serviço de bondes até 1937.

A Empresa de Eletricidade de Avaré foi comprada pela Companhia Força e Luz Santa Cruz em 1951, consolidando a presença da companhia na região.

A Companhia Força e Luz Santa Cruz, por sua vez, foi comprada em 1979 pela Companhia Brasileira de Alumínio - CBA, do Grupo Votorantim.

Em 2006, a CPFL comprou da CBA o controle da Companhia Força e Luz Santa Cruz, que passou a integrar a holding CPFL Energia.

A operação da antiga Companhia Força e Luz Santa Cruz, que atendia 24  municípios no estado de São Paulo e trêsno estado do Paraná, tornou-se a CPFL Santa Cruz.