CPFL | 100 Anos Gerando História
Projeto Memória Viva
Home -  O Projeto

O PROJETO MEMÓRIA VIVA CPFL

A memória de uma empresa é um dos fundamentos sobre os quais ela constrói o seu futuro. Os valores produtivos, humanos e administrativos criados e praticados ao longo da vida da empresa constituem instrumentos indispensáveis ao aperfeiçoamento corporativo e oferecem alternativas para enfrentar o constante desafio criado pelas novas conjunturas políticas, econômicas e ambientais.

A CPFL, uma das mais tradicionais empresas do setor energético, faz 100 anos, um século gerando história. Para os funcionários da CPFL, comemorar é uma oportunidade de conhecer e reforçar os valores históricos construídos pela empresa em sua longa trajetória.

Entre as várias atividades de comemoração, o Projeto Memória Viva CPFL surge como um projeto inédito, que registra a história corporativa a partir dos depoimentos de testemunhas oculares da vida da empresa, diretores e colaboradores. Esses depoimentos estão alinhados à narrativa gráfica da Linha do Tempo, que organiza a sucessão dos acontecimentos que marcaram as etapas do desenvolvimento da CPFL desde a sua fundação até o tempo presente. Usando as facilidades e os recursos das mídias digitais, cada momento fundamental contido na Linha do Tempo está conectado aos depoimentos que narram as diversas etapas da vida da empresa e a participação de seus colaboradores.

Foi dada ênfase especial aos dez anos que sucederam à privatização da empresa, cujos resultados são perceptíveis tanto no desempenho dos serviços prestados à sociedade quanto nos resultados de avanço tecnológico, financeiro, administrativo e de participação de cerca de 8.000 colaboradores.

O Banco de Dados, criado para armazenar informações resultantes da pesquisa histórica, das filmagens de depoimentos, da seleção de material escrito, iconográfico e museológico, coloca à disposição dos interessados uma visão pessoal, humana, da empresa, a maneira mais democrática e moderna de oferecer informação à sociedade.

Por isso mesmo, os dados da Memória Viva da CPFL estão disponíveis na internet para todos os colaboradores e pesquisadores, assim como para a sociedade. E, como ocorre com a história, não se trata de uma obra estática. O Banco de Dados é aberto a novas informações, que poderão ser prestadas por qualquer um dos protagonistas, do passado, do presente e do futuro. Porque uma memória viva não pode concluir-se na data da comemoração, nem com o mandato de uma diretoria. É uma história com a devida continuidade: um livro aberto.